quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Che Guevara bacaninha





“Não preciso de prova para executar um homem – apenas de prova acerca da necessidade de executá-lo.” Che Guevara (apud ORTEGA, 1970, p.179).

Aconteceu durante os últimos dias de dezembro de 1959; na escuridão da minúscula cela, dezesseis de nós dormiam no chão, enquanto outros dezesseis ficavam de pé, para que então pudessem descansar. Mas ninguém pensava nisso. Pensávamos somente no fato de estarmos vivos e que isso era o mais importante. Vivíamos hora por hora, minuto por minuto, sabendo que qualquer segundo poderia ser o último.

Certa manhã, quando o som o horripilante daquela porta de aço enferrujada que enquanto abria nos pôs de pé, os guardas do Che empurravam um novo prisioneiro para dentro da cela. Era um menino com no máximo uns 12 ou 14 anos. Seu rosto estava manchado de sangue. 'O que você fez?', perguntamos-lhe, horrorizados. 'Tentei defender o meu pai', balbuciou o menino sujo de sangue. 'Mas eles o mandaram para o paredão!'".

Todos se entreolharam como se para encontrar as palavras certas, a fim de consolar o menino, mas não as encontramos. Estávamos saturados dos nossos próprios problemas. Havia dois ou três dias que não executavam ninguém, e tínhamos cada vez mais esperança de que isso chegaria ao fim. As execuções são cruéis, tiram-lhe a vida quando mais você precisa dela para si e para os outros, sem levar em consideração seus protestos ou anseios de vida.

Nossa alegria não durou muito. Quando a porta se abriu, chamaram dez detentos para fora, entre os quais o menino que acabara de entrar. Estávamos errados, pois aqueles que eram chamados nunca mais eram vistos.

Como é possível tirar a vida de uma criança dessa forma? Seria possível estarmos equivocados e fossem nos soltar? Próximo do sangrento pavilhão onde conduziam as execuções, com as mãos na cintura, um homem perambulava de um lado para o outro: o abominável Che Guevara!

O Che deu a ordem para primeiro trazer a criança e cuspiu suas ordens no menino: 'Ajoelhe!'.

Nós todos gritávamos de nossa cela para que ele não cometesse esse crime e nos oferecemos a nós mesmos em seu lugar. O garoto o desobedeceu com uma coragem inexprimível em palavras e lhe respondeu com esta infame afronta: 'Se vocês vão me matar', disse ele, 'vão ter de fazê-lo enquanto ainda estou de pé. Homens morrem de pé!'.

Che posicionou-se atrás do garoto e sussurrou: 'Então você é um rapaz corajoso...'. Vimos Guevara sacar sua pistola. Ele encostou o cano atrás do pescoço do menino e disparou. O tiro quase arrancou sua cabeça.

Nós nos inflamos: 'Assassinos, covardes miseráveis!'. Che finalmente olhou para cima, em nossa direção, apontou-nos o revólver e esvaziou o pente. Não sei quantos de nós foram mortos ou feridos. A partir desse horrível pesadelo, do qual jamais conseguiremos despertar, embora feridos e na clínica universitária do hospital Calixto Garcia, uma coisa ficou clara: a única regra do jogo era escapar, a única esperança de sobrevivência.


Notas

O artigo acima do ex-prisioneiro Pierre San Martín pode ser encontrado na Revista Autogestión, n° 61, 28/12/2005.

O relato traduzido aqui também pode ser lido no excelente livro de Humberto Fontova, O Verdadeiro Che Guevara e os Idiotas Úteis que o Idolatram, É Realizações Editora, São Paulo, 2009, páginas 125-6.

Disponível em: http://www.trenblindado.com/Sanmartin.html (Inglês)
Disponível em: http://www.cubaeuropa.com/historia/Che/Che6.htm (Espanhol)
Citações
BRAVO, Marcos. La Otra Cara Del Che. 1. ed. Bogota: Editorial Solar, 2004. 558 p.
ORTEGA, Luis. Yo Soy El Che!. Mexico: Ediciones 
Monroy-Padilla, 1970.

quarta-feira, 24 de agosto de 2016

70 anos de Keith Moon


Se estivesse vivo, uma das maiores lendas das baquetas completaria 70 anos hoje - e, mesmo que tenha vivido pouco mais de 30 anos, toda a história de Keith Moon deixa bem claro que ele soube aproveitar muito bem seus momentos - sendo sempre divertidíssimo e cheio de energia. 
Na data de hoje, aproveitamos para relembrar um dos acontecimentos mais peculiares envolvendo o baterista do The Who, que mostra perfeitamente o seu estilo único.

Em algum dia 23 de agosto do fim dos anos 60 (não se sabe o ano exato, as fontes divergem entre 1967 e 68), a lenda comemorava mais um aniversário com uma grande festa, que rolou num hotel no meio da turnê do The Who e se estendeu até a madrugada. 
Com o barulho intenso, vindo do som e dos convidados embriagados, o próprio hotel chamou a polícia para encerrar a festa, e foi quando Keith soube da chegada dos tiras que o artista resolveu tomar uma atitude.

A história é tão "a cara" do baterista que muitos pensavam não passar de uma lenda, inventada por fãs - mas o vocalista Roger Daltrey fez questão de confirmar o fato, comentando que a banda teve que pagar uma fiança bem salgada para que Keith não ficasse na cadeia.

No fim, é uma história que demonstra perfeitamente o quão cheio de energia e descontraído era o baterista, que nos deixou em 1978, aos 32 anos. E toda a sua personalidade ficou eternizada na música do The Who!














BUDISMO hoje!


O Budismo é uma das religiões mais antigas ainda praticadas e uma que tem mais seguidores, cerca de 200 milhões de pessoas no mundo. Enquanto alguns preferem se referir ao Budismo mais como uma filosofia de vida do que uma religião.

De uma forma ou de outra, o que tem permitido esta filosofia / religião sobreviver ao longo do tempo e continuar ganhando popularidade são suas mensagens simples e cheias de sabedoria que pode realmente melhorar nossas vidas diárias. Na verdade, não é necessário abraçar o budismo para colher os benefícios que ele pode nos oferecer. Basta manter uma mente aberta e o coração disposto.

1. A dor é inevitável, o sofrimento é opcional.

Nós tendemos a pensar que reagimos aos eventos que trazem consigo a semente de tristeza ou da alegria, mas, na verdade, reagimos ao que os fatos significam para nós. Nós só podemos sofrer por aquilo a que demos importância. Portanto, para evitar sofrimento desnecessário, por vezes, apenas um passo para trás,desanexar emocionalmente e ver as coisas de outra perspectiva. É difícil, mas com a prática você aprende. Na verdade, uma outra frase budista nos mostra o caminho: “Tudo o que somos é o resultado do que pensamos; É fundada em nossos pensamentos e é feito de nossos pensamentos. “

2. Alegrai-vos porque em toda parte é aqui e tudo é agora.

Muitas vezes perdemos a vida enquanto estamos amarrados ao passado ou preocupados com o futuro. No entanto, o budismo nos ensina que temos apenas o aqui e agora. Portanto, devemos aprender a estar totalmente presentes, para desfrutar de cada momento como se fosse o primeiro e o último. Não mergulhar no passado ou sonhar com o futuro, se concentrar no momento presente, porque é onde você vai encontrar as chaves para a felicidade.

3. Tenha cuidado com o exterior, bem como seu interior, porque tudo é um
Somos uma unidade física e espiritual, mas muitas vezes nos esquecemos. 

Às vezes nos preocupamos muito sobre como cuidar do corpo e esquecemos a alma, enquanto em outras vezes nos preocupamos muito com  nosso equilíbrio psicológico e negligenciamos aspectos importantes, tais como dieta e exercícios. No entanto, para encontrar um estado de bem-estar verdadeiro é imperativo que a mente e o corpo estejam equilibrados.

4. Melhor usar pantufas do que tentar colocar  tapete no mundo.

Às vezes, ou porque superestimamos nossas forças ou porque não estamos cientes da magnitude da situação, estabelecemos metas que vão além de nossas capacidades. Em seguida, geramos um estresse desnecessário. No entanto, para encontrar a paz interior, é importante estar ciente de nossas forças e nossa dose de recursos, e qualquer caminho tem que começar de nós mesmos, antes de mudarmos o que não gostamos no mundo, mudemos o que não gostamos em nós mesmos.

5. Não ferir os outros com o que causa dor a si mesmo.

Esta é uma das máximas do budismo que, se aplicada ao pé da letra, estaríamos praticamente eliminado todas as leis e preceitos morais. No entanto, esta frase budista vai além do clássico “não faça aos outros o que você não quer fazer para você”, pois envolve, acima de tudo, uma profunda compreensão de nós mesmos e, uma grande empatia para outros.

6. Não é mais rico quem tem mais, mas quem precisa menos.

Apesar de não estarmos conscientes disso, o nosso desejo de mais, seja no material ou emocional, é a principal fonte de nossas preocupações e desapontamentos. Quando aprendemos a viver com pouco e aceitando tudo que a vida nos oferece no momento, podemos alcançar uma vida mais equilibrada e reduzir a tensão e stress. Entender que já temos todo necessário para atingir a paz interna e felicidade é um ensinamento que traz tranquilidade na caminhada e evita a ansiedade e desgaste incessante de sempre achar que a felicidade está logo ali na frente, mas nunca aqui.

7. Para entender tudo, é preciso esquecer tudo.

Quando somos pequenos, estamos abertos à aprendizagem, não temos idéias preconcebidas. No entanto, à medida que crescemos nossa mente está cheia de condicionamentos sociais que nos diz como as coisas devem ser, como devemos nos comportar e até mesmo o que pensar. Estamos tão imbuídos nesse contexto que não percebemos que nossa mente se tornou uma caixa muito estreita que nos aprisiona. Então, se você quer mudar e ver as coisas de outra perspectiva, o primeiro passo é se separar das crenças e estereótipos que o mantem amarrado. Neste sentido, uma outra frase budista nos ilumina: “No céu, não há distinção entre o leste e o oeste, são as pessoas que criam essas distinções em sua mente e depois pensam que são verdadeiras“.

8. O ódio não diminui ódio. O ódio diminui com o amor.

Gerar violência, raiva produz ressentimento. É algo que quase nunca aplicamos quando nos envolvemos em discussões nas quais somos guiados por nossas emoções mais negativas, respondemos às críticas com outro comentário e um ataque ainda mais forte. No entanto, o ódio só gera ódio, a única maneira de contrariar o seu efeito é o de proporcionar amor, respondendo com emoções positivas. Não se apaga fogo com mais fogo.

9. Dê, mesmo se você tiver muito pouco para dar.

Esta é uma das mais antigas frases budistas, e algumas pesquisas na área da psicologia positiva mostraram que a gratidão e a entrega é um dos caminhos que conduzem à felicidade. Não é sobre dar com intuito de receber algo, mas dar motivado pelo prazer que sente ao ajudar alguém.

10. Se você pode apreciar o milagre que mantém uma única flor, toda sua vida vai mudar.

Nesta frase budista o segredo da mudança está fechado: aprender a valorizar cada coisa e cada pessoa por aquilo que ele é: um milagre único e irrepetível. Quando aprendemos a não criticar, mas aceitar e se maravilhar com as menores coisas que nos rodeiam, nossa vida vai mudar porque estamos deixando aberta a gratidão, a curiosidade e a alegria. Pelo contrário, se pensarmos não há nada de especial sobre as pequenas coisas e estamos no topo do mundo, não apenas estamos fechando a beleza, mas também para a aprendizagem e crescimento. Se você não pode apreciar o milagre que envolve uma flor, é que você está morrendo por dentro.

Fonte: Yogui.co

terça-feira, 9 de agosto de 2016

09-08-1945





















Por consequência da persistência dos japoneses de permanecerem na guerra, outra bomba foi lançada. 

No dia 9 de agosto de 1945, a segunda bomba, chamada “Fat Man” constituída de plutônio, era destinada à cidade de Kokura. Com a péssima visualização e o excesso de nuvens, houve uma mudança na trajetória do avião, a bomba agora iria para Nagasaki, a cidade que possuía melhores condições.

Ao chegar na cidade, o estado climático também estava ruim, estavam se dirigindo ao local onde a bomba seria lançada, mas pela falta de combustível tiveram de lançá-la imediatamente, errando seu alvo e acertando um vale. Não houve tempestade de fogo, mas causou uma terrível destruição. Foi lançado pelo bombardeiro B-29, chamado “Bockscar”.

Às 11:02 a “Fat Man” explodiu a 600m de altura para maximizar os danos causados. Edifícios foram destruídos, uma onda de calor incendiário, detritos e radiação varreu o solo a partir do ponto de detonação, causando a maior parte dos óbitos e destruição de 40% da cidade.

Depois de anos, com a conscientização de que a bomba havia sido em grande parte por um motivo de “testes”, muitas pessoas começaram a revoltarem-se contra os Estados Unidos. Eles, então, resolveram ajudar o Japão a se reerguer.

Hoje, é uma das maiores potências do mundo, aí, vem a pergunta que sempre fizeram, e continuarão a fazer: Foi realmente necessário enviar uma bomba atômica nas cidades de Hiroshima e Nagasaki no ano de 1945, matando até hoje, aproximadamente 220 mil pessoas? Essa desgraça nas cidades, e no mundo todo, que acompanharão para sempre esse fato histórico que matou milhares de inocentes poderia ter sido evitada? E, a pior das realidades, por que continuam se construindo cada vez mais bombas mesmo sabendo que todas as existentes hoje seriam capazes de destruir pelo menos três vezes o mundo em que vivemos???


André Luiz Possoli Machado

domingo, 7 de agosto de 2016

Embryo! Embrião!



















https://soundcloud.com/fuzato-tulio/embryo-warm-canto-by-t-fuzato

Embryo - Warm Canto by T. Fuzato
My TRIBUTE to Embryo a German KrautRock Band
1973 an original record: https://www.youtube.com/watch?v=ebT5WsA_ZmU

https://en.wikipedia.org/wiki/Embryo_(band)

all instruments played by T. Fuzato
Yamaha E. 423
Roland Gaia SH-1
ProTools 8 LE
M-AUDIO
Audacity
Strimberg Bass
Strato Squier by Fender
DRUMLESS TRACK for Play-along

TULIO FUZATO
A HISTORY of REHABILITATION and OVERCOMING THROUGH MUSIC. 
Documentary about life and overcoming the amputee drummer Tulio Fuzato
ACCESS: http://www.youtube.com/watch?v=xwOsLCpAnwI
My reverence to all disable people around the world, who's overcome his challenge. God may I can be inspiration for those who lost a limb, and for those who lost the hope in the life. Until the Lord brought me here!
hugs to all my Musician Friends and disbled Musician.
God Bless you all .....
http://www.tuliofuzato.com.br/
CONTACT: tulio.fuzato@gmail.com

**Copyright Notice** We do not claim ownership of this song. All material is the copyrighted property of its respected owner(s). Copyright Disclaimer Under Section 107 of the Copyright Act 1976, allowance is made for "fair use" for purposes such as criticism, comment, news reporting, teaching, scholarship, and research. Fair use is a use permitted by copyright statute that might otherwise be infringing. Non-profit, educational or personal use tips the balance in favor of fair use.

https://youtu.be/9OK6BFr2Yc4

sexta-feira, 5 de agosto de 2016

e começa as Ulimpíadas


05-08-2016 abertura hoje da Olimpiadas no Rio de Janeiro - FESTA??? hey você ae pobre???

dá nojo, dá ódio, passando rápido pela sala e ver a TV Ligada mostrando o Rio de Janeiro suntuoso imponente com prédios e modernas instalações! Grandiosas somas de dinheiro público $$$$$$$$ pra uma Festa que não é nossa - agora entendo porque o Estado do Rio está zerado sem dinheiro, porque a vontade Política se permitiu construir coisas Lindas, suntuosas di fato maravilhosas! segurança! instalações! acomodações, estádios pra tudo que é lado coisa de primeiro mundo! ------ por outro lado os aposentados do Funcionalismo morrendo de fome! sem pagamento!!! você panaca no meio de engarrafamentos de mais de 100km parado com farol aceso de dia! sendo multado!!! e o vagabundo te filmando do outro Lado da Rua pra te Roubar e no Aeroporto na chegada de toneladas e toneladas de comitivas e a Policia Federal dando toda a segurança, total cobertura, um baita aparato, coisa que nunca tivemos aqui ----- Olha nada contra o Espetáculo Esportivo! O gringo nem sonha o que se passa! é tudo pra "INGLÊS VER" e ver com bons olhos, mas eles pressentem e já sentiram o cheiro de merda dos esgotos da cidade ----- e quando esta Festa acabar eles voltarão aos seus Países de origem ----- e nós???? o que está por vir???? a TV mostra o surreal, nossa realidade é outra, não é esse Rio de Janeiro de primeiro mundo! mas não é mesmo! Esse maldito Prefeito e o Múmia do Governador e sua equipe teriam que cuidar da qualidade de vida das pessoas que "sobrevivem" duramente, moram, e trabalham aqui, meros pagadores de IPTU, ISS, ICMS, MULTAS mil etc .... Esses impostos foram desviados de sua finalidade primordial e agora financiam essa Festa di fato bonita ok tem gente defendendo o País, o partido, o prefeito, seu clube, sua delegação etc ..... mas Rio 2016 por um MUNDO NOVO? putz um MUNDO MELHORRRR??? ------- vai enganar a KARALHA POLITICOS FILHOS DUMA PUTA ------ Vocês usam de tudo pra enganar o POVO! infelizmente o esporte é a bola da vêz! OURO pra nós né????

Além da Corrupção, roubalheira, e hipocrisia, tem mais essa GAFE para queimar o Rio de vêz: Eduardo Paes foi o primeiro político no cargo a carregar a tocha desde 1896. Protocolo do COI (Confederação Olímpica internacional) reza que políticos no cargo não podem carregar a tocha, para que não se misture política e esporte. Prefeito ou chefe de Estado podem apenas segurar a tocha e repassá-la, sem, no entanto, correr com ela — muito menos uniformizado, como fez Paes. O clima é de descontentamento geral e total constrangimento no COI, bem como entre alguns integrantes da Rio-2016. Um completo IMBECIL MAL EDUCADO.

O Brasileiro é um povo TOLO! Vendo hoje parte do complexo Olímpico da Barra da Tijuca (RJ), vemos que é fácil para qualquer Governo independente de partido construir algo grandioso para a nação! Estágios, complexos esportivos, pistas, piscinas Olímpicas, coisas grandiosas! dinheiro $$$$$ não falta! ------ Então porque não constroem Escolas, Universidades, Hospitais, Estradas, Viadutos. A mostra é clara e evidente que "eles" não melhoram o que tem que ser melhorado! ACORDA! ESTAMOS ASSIM HÁ MUITO TEMPO! e não é problema de URNA porque eles botam Lá quem eles querem! é problema de cidadania de exigir do seu vereador, prefeito, Governador, Senadores, Congresso e Presidente ----- Temos que ter acesso à essa gente! não é só ir Lá votar e ficar esperando algo! Temos que pedir, senão exigir que sejam feitas melhorias, benfeitorias em nosso bairro, cidade, município, capital, estado. É odioso vivenciar tudo isso que está acontecendo esse clima Olimpico do vamus si dar bem $$$$$$$$$ -


EXTRA! EXTRA! Rio de Janeirooo AVISO IMPORTANTE!!!

Tendo em vista a necessidade de garantir a balneabilidade das águas da Baía da Guanabara para o sucesso das Provas Olímpicas de Vela, a Prefeitura do Rio de Janeiro vem por meio desta solicitar aos moradores que evitem de ir ao banheiro entre os dias 5 e 21 de agosto. Caso não seja possível segurar por tanto tempo, o Prefeito Eduardo Paes recomenda aos moradores para defecar na Lagoa di Maricá (RJ). ass: Prefeitura do Rio de Janeiro.




Creedence



Creedence Clearwater Revival é uma das melhores bandas americanas de todos os tempos. Isso não é novidade nenhuma. O grande sucesso leva aos grandes hits. O que torna a banda a ser prisioneira de coletâneas. Quase sempre faz com que o ouvinte deixe de entrar na discografia da banda e apreciar o trabalho musical como todo. O ouvinte não consegue captar a essência do trabalho da banda. Se quiser, compre uma coletânea. Depois, a melhor forma de conhecer o trabalho da banda é comprar a discografia ou, pelo menos, a maior parte dela. Estou escutando o disco que fez mais sucesso do Creedence, o "Cosmos's Factory", lançado em 1970. John Fogerty é um músico de mão cheia e já faz parte da lista dos grandes artistas do rock. O disco traz 11 faixas matadoras. Entre elas, grandes sucessos da banda. Não é nenhuma novidade se tornar sucesso quase tudo que a banda criou. A banda consegiu mesclar country com rock com extrema competência e genialidade. Deixo aqui a gravação do maravilhoso disco. Vale a pena conferir!

01. Ramble Tamble
02. Before You Accuse Me
03. Travelin' Band
04. Ooby Dooby
05. Lookin' out My Back Door
06. Run Through the Jungle
07. Up Around the Bend
08. My Baby Left Me
09. Who'll Stop the Rain
10. I Heard It Through the Grapevine
11. Long as I Can See the Light
12. Travelin' Band [Remake Take]
13. Up Around the Bend [Live]



segunda-feira, 1 de agosto de 2016

A Paz


A PAZ NÃO TEM PREÇO!

Necessitamos ter um "Fio de prumo" um ponto de quilíbrio! 
Nossos ossos e músculos lutam contra a força gravitacional, 
até pra deglutir, dar à Luz, defecar, trabalhar, respirar ou andar temos que se dedicar à algum tipo de esforço! 
que dirá ter a disciplina do estudo, da oração, concentração e atividades cognitivas como criar, calcular, gerir,
gerenciar - tudo está contra nós nesta vida!

Poucas coisas são fáceis ou de mão beijada com diz a gíria! 
Pouca coisa mudou da Revolução industrial pra cá. 
O esforço deve ser o mesmo! mas o coração do Homem não muda!
O disco que era  tocado num phonógrafo à manivela é o mesmo que se ouve num MP3 de 320kbps;
a tecnologia não evoluiu o ser humano! 
Os métodos mesquinhos hediondos são os mesmos! 
O Ódio não se aplacou com os modernos nano-chips da era digital. 
Os Frigoríficos ainda são máquinas de assassinato frio e doloroso!
Nas vias públicas estamos parejados com esse gado que morre inerte de olhos esbugalhados sem protestar!

Zé Ramalho disse tudo há muito tempo atrás e hoje pra se viver nesse BraziL varonil da P.Q.P. é necessário "Fio de prumo" um ponto de quilíbrio!

A inversão de valores e Burrice didática ensinada em doses homeopáticas pela doença midiática que te leva à gostar e comprar por mero impulso merda em Lata.
Seja seletivo! use o botão OFF - Não receba toda e qualquer verdade como absoluta!

Não é que você seja esperto não é isso, mas você deve estar Lúcido e Cognitivo porque hoje na vida moderna o grande Lance é te empurrarem goela abaixo coisas que vão de contra aos teus princípios e um monte de Lixo e coisas materiais das quais você não necessita: 
marcas, griffes, banalidades, duplicatas de roupas, eletrodométiscos, e outros símbolos de status tais como i-phones, etc ..... 

A criatura tem um puta i-phone cheio de recursos, repletos de GIGAS mas está vazia de alma, Espírito e sentimentos.

Talvêz seja melhor sonhar com um Rio um vale nevado, um campo Florido do que ver isso numa TV plasma HD de 12.800 pixels!!! 

Nós estamos inchados de porcarias bugingangas, banalidades!

Ontem eu tocava bateria com uma puta parafernália. Hoje vejo que Ringo Star fazia um baita som com um ride um crash e uma Bateria Ludwig de 4 peças.

Você não precisa de muito pra viver, para ser Feliz!

E com tudo isso pare e reflita: A PAZ NÃO TEM PREÇO!

quinta-feira, 28 de julho de 2016

Violência?


Hoje ouví uma frase estarrecedora: "a violência não precisa de motivo" 

MUNDO LOUCO em que VIVEMOS né?

Está claro evidente que num País como este BRéZiL varoniL as autoridades digo GOVERNANTES fazem vista grossa tão nem ae pro povo! 

OBS: um povo fraco e acuado preso dentro di casa numa aparente segurança não tem como questionar mais nada porque o principal ítem seria a sobrevivência e a integridade Física sua e dos seus.

Não duvide! a guerra mudou de foco! 
É muito caro gastar mísseis tele-guiados, balas, armamento.
Aviolência X impunidade x Leis brandas ou furadas no BraZiL já causam mais mortes que uma Guerra dessas ae do Oriente Médio.
Tenho dito! 

OLIMPIADAS (2016) É O KARALHO POW?




quarta-feira, 20 de julho de 2016

Dia do Amigo


DIA do AMIGO é TODO DIA, mas .....

O Tempo passa.
A vida acontece. 
A distância e as circunstancias nos separam ou afastam ....
As crianças crescem.
Os empregos vão e vêm.
O amor fica mais frouxo.
 As pessoas não fazem o que deveriam fazer.
O coração se rompe.
Os pais morrem.
Os colegas esquecem os favores.
As carreiras terminam.
Os filhos seguem a sua vida como você tão bem ensinou.
Mas ....  
Os verdadeiros amigos estão lá, não importa quanto tempo e quantos quilômetros estão entre vocês.

Um amigo nunca está mais distante do que o alcance de uma necessidade, torcendo por você, intervindo em seu favor e esperando você de braços abertos, e abençoando sua vida!

E quando a velhice chega, não existe papo mais gostoso do que o dos velhos amigos .... 
As histórias e recordações dos tempos vividos juntos, das viagens, das férias, das noitadas, das paqueras ....

Ah!!! tempo bom que não volta mais .... 

Não volta, mas pode ser lembrado numa boa conversa debaixo da sombra de uma árvore, deitado na rede de uma varanda confortável ou à mesa de um restaurante, regada a um bom vinho, não com um desconhecido, mas com os velhos amigos.

Quando iniciamos esta aventura chamada VIDA, não sabíamos das incríveis alegrias ou tristezas que estavam adiante, nem sabíamos o quanto precisaríamos uns dos outros.

Amigos (as) nos ajudam a dar sentido à vida!

Amo todos, os pessoais e os digitais, Musicos ou não!

PAZ e LUZ - Tulio Fuzato batera http://www.tuliofuzato.com.br/







domingo, 17 de julho de 2016

Violência no Rio


Publicado por Melissa Munhoz 17-07-2016 - às beiras da OLIMPÍADA do Rio de Janeiro!!!

"Esse é o retrato do fim dos tempos. 
É a imagem real do mal da humanidade. 
É a crueldade a troco do nada! 
É a banalidade da violência urbana. 
É a realidade de uma cidade partida. 
E é a infância perdida! 
A garotinha de 7 anos viu a mãe de apenas 46 morrer a facadas só porque disse ao assaltante que não tinha dinheiro! 
Ela estava indo ao mercado na Hadock Lobo, no Estácio, quando um vagabundo cruzou o caminho das duas. 
Matou a sangue frio. 
2 facadas no pescoço, sem piedade, sem pestanejar, sem pensar, sem poupar! 
O desespero da criança dói o peito, corrói a alma! 
O policial que deveria estar "acostumado" com a violência tenta ajudar e fica chocado, perplexo, atônito! 
O nó na garganta dele, nos contamina! O grito dela, nos cala! 
Nós jornalistas que também estamos "acostumados" com imagens fortes não aguentamos tamanha covardia! 
O policial e nós, somos humanos! E nós dois queremos dar um basta nisso! 
Nós dois desejamos prender esses desalmados que não têm condições de viver numa sociedade! 
Mas a própria sociedade vai defender o "pobre coitado", "vítima da sociedade"! 
Tadinho, ele não teve "oportunidade". 
Mas na 1ª oportunidade esfaqueia uma mãe na frente da filha! Uma criança!!! Que vai crescer órfã, cheia de trauma e revolta! 
O marginal não só tirou a vida de uma mulher como acabou com o futuro de uma outra. 
Não há terapia no mundo que apague essa aflição, essa dor, esse sofrimento! 
O taxista que socorreu a vítima deve estar em estado de choque! 
O PM que acalentou a garotinha deve estar deprimido! 
E eu estou aqui sem conseguir dormir, depois de ter visto o vídeo. 
Os gritos e os pedidos dela ecoam. 
A lerdesa e desinteresse do maqueiro do Hosp. Souza Aguiar (Rio)
Difícil esquecer. 
Difícil conviver nessa cidade que hoje mesmo o prefeito disse ser a mais segura do mundo! (FILHO DUMA PUTA).
Difícil acreditar num BRASIL melhor. 
Difícil sair de casa sem temer ser a próxima vítima. 
Difícil esperar que mudem as Leis, que acabem com a impunidade, que alterem o código penal, a constituição. 
Difícil aceitar a proteção dos bandidos com os "direitos humanos". 
Está difícil ser gente!
Está difícil viver no Rio de Janeiro! 
Está difícil ser Brasileiro (Brasileira)! 
O terrorismo é aqui, diariamente!
As Autoridades estão preocupadas com as OLIMPIADAS 2016.
LUTO!!! Tristesa e Dor.
Algo tem que ser feito à nivel POLITICO!
Eles tem seguranças, o povo não!!!
E PASMEM o marginal ja foi achado alí perto! Tentaram Linchar e a Policia o pretegeu e Levou para o Hosp. Souza Aguiar.
É bem possível que tenha sido medicado e muito bem tratado, coisa que não ocorreu com a Mãe da menina!


FICA UMA IMAGEM DE LEMBRANÇA TAMANHA HIPOCRISIA DE NOSSOS POLITICOS.


R.I.P. papa Johnny


17-07-2016 - Papa Joni se foi desta vida! infarto! poxa? surpreso! chocado! e triste é claro! 

Johnny Adriani foi o cara que criou a minha LOGOMARCA - trabalhamos juntos nos projetos porque sou Designer de profissão junto com ele.

Certamente nas minhas humildes preces! PAZ e LUZ papa Johnny Adriani hoje vai ter Rock´n Blues in the skies!


























Quem foi ele:

PROFESSIONAL DESIGNER FREELANCE / JOHNNY ADRIANI 
CAMPINAS - SÃO PAULO - BRASIL

Ao longo de 34 anos de dedicação ao mundo publicitário, Johnny Adriani adquiriu uma “bagagem” de conhecimentos e técnicas que lhe garantiu um sucesso merecido e comprovado pelos trabalhos executados como designer para as principais agencias do país, como a Mc Can Ericson, DPZ Propaganda, Dill Merchandising, W. Brasil, Lintas Propaganda, Theobaldo Produções e para empresas como a IBM, 3M do Brasil, Bombril, Avon, Johnson & Johnson do Brasil, Nivea, Gillette do Brasil, Lojas Forum, Lojas Gledson, Litle Black Dress – Colônia, Editora Abril, Editora Três, Bosch do Brasil, Black & Decker, Singer do Brasil, SBT-SP, TV Bandeirantes - SP e outras, além de inúmeras participações em mostras de design e palestras. 

A beleza e a arte de seus trabalhos, que abrangem Criação, Cenografia, Catálogo & Folder, Logomarca, Web Site, Multimídia, Comunicação Visual, Stander, Industrial Design, Medicina, 3D Arquitetura, Direção de Arte, Produção de Eventos, marketing, 3D Design, Animação Gráfica, Ilustração, Embalagem, Pôster, além de outros, têm sempre uma característica em comum: A responsabilidade de um profissional que leva a sério o que faz, porque faz o que gosta.

Área de atuação / Design.

Freelance Professional Designer Johnny Adriani.

MODELAGEM 3D
DESIGN INDUSTRIAL 
DESIGN PARA MEDICINA
MAQUETES ELETRÔNICAS
DESIGN EM 3D ARQUITETURA
ILUSTRAÇÃO
CATÁLOGOS
FOLDERS
FOLHETOS
RÓTULOS
TABLÓIDES, REVISTAS, INFORMATIVOS
IMAGEM CORPORATIVA
WEB SITES / LOJAS VIRTUAIS / MAILING DIGITAL
MULTIMIDIA EMPRESARIAL
CRIAÇÃO PARA VÍDEO DESIGN
PROJETO PARA CENOGRAFIA
DESIGN PARA EMBALAGEM .
MERCHANDISING PROJETOS E DESIGN
COMUNICAÇÃO VISUAL GRÁFICA
DESIGN PARA SINALIZAÇÃO
DESIGN DE ESTANDES PARA FEIRAS E EVENTOS
CRIAÇÃO PARA CAMPANHAS PUBLICITÁRIAS
IMAGEM PROMOCIONAL
PROMOÇÕES
MARKETING DESIGN
ANÚNCIOS
3D DESIGN
DESIGN PARA FACHADAS INTERNA E EXTERNA

Johnny Adriani / Lado musical & Produção

Desde meados dos anos 70, o paulistano do bairro da Moóca, Johnny Adriani (52) está envolvido com o Rock e o Blues, como designer e cenógrafo para bandas de rock emergentes dos anos 70 como: Made in Brazil, Patrulha do Espaço, Casa das Máquinas, Mutantes, Peso, Terço, Porão 99, Rock da Mortalha, Bixo da Seda e outras bandas obscuras paulistana & underground dos anos 70 & 80, produtor de eventos (SBEROCK / 75); produtor musical de rádio, “Horário Maldito” da 97 FM / 80 (onde dava espaço para as até então desconhecidas Ira, Plebe Rude, Capital Inicial, Ultraje A Rigor, etc); nas rádios Mix FM, Transamérica FM, 89 FM, Brasil 2000, Excelsior e participando da produções e design de grandes Festivais de Rock que marcaram época nos anos 70 / 80, TV. Bandeirantes (A onde trabalhou pôr muitos anos como cenógrafo na tv), Ginásio da Portuguesa, Tuca e outros grandes eventos.

Foi em 1992 o mentor da criação do bar, de um dos mais tradicionais bares de Blues do país, o Delta Blues Bar em Campinas / SP, época que o Blues começava a aparecer no Brasil.

No momento, Johnny Adriani está em seu studio de design e morando em Campinas SP,trabalhando com projetos gráficos para clientes e bandas de Rock, Blues, Rockabilly e nas áreas de Publicidade & Propaganda, e faz a direção e produção musical do núcleo da SOLID ROCK RADIO.
Johnny tem uns dos maiores acervos de Blues & Rock `n´ Roll já visto, que vai a: BLUES, BLUES ROCK, ROCKABILLY, HARD ROCK 60 / 70, COUNTRY MUSIC, BLUEGRASS, HILLBILLY, ROCK 70 / 80 e os clássicos dos anos 50 / 60, grande colecionador de raridades, a onde se orgulha pela sua batalha pelo o bom gosto desde dos anos 70 e nos dias de hoje.

SOLID ROCK RADIO é um novo projeto que acredita e conhece muito, por esse motivo grandes músicos, bandas e amigos, clientes estão sempre ao seu lado em apoio total.

sábado, 16 de julho de 2016

Islamismo: religião de paz?


Islamismo: religião de paz?

O Alcorão é um livro que incita a violência. É simples, basta ler o Alcorão para ver e testificar. Um fato é um fato, está lá, é o que é ensinado nas mesquitas, violência.

















por Luis A. R. Branco - http://www.genizahvirtual.com/

Diante de tantas atrocidades cometidas por muçulmanos radicais, incomoda-me a postura dos lideres islâmicos, assusta-me a forma como ocultam a verdade sobre o Alcorão e impressiona-me a forma como se contradizem entre a fala e a praxis religiosa.

Sempre que há um atentado como o que ocorreu nos Estados Unidos da América, que ceifou a vida de cinquenta pessoas, aparece um ou outro líder islâmico que insiste na retórica de que o islamismo é uma religião de paz. Sejamos honestos, sem medo de dizer a verdade e deixemos de lado a farsa da boa diplomacia:

O islamismo é uma religião opressora e intolerante. Não existe nenhum país islâmico ou de maioria islâmica onde haja liberdade. Mesmo nos mais desenvolvidos, como os Emirados, não há liberdade plena. O islamismo é intolerante com seus próprios filhos, que dirá daqueles que são de outras religiões. A palavra chave do islamismo é “submissão”, e, custe o que custar. Em seus países praticam atrocidades contra seu próprio povo, subjugando-os à práticas ou abstinências intoleráveis. E no ocidente tentam impor à trancos e barrancos suas leis (sharia) sobre todos. E vivem em guerra entre si.

O Alcorão é um livro que incita a violência. É simples, basta ler o Alcorão para ver a testificar. Um fato é um fato, está lá, é o que é ensinado nas mesquitas, violência. Alguns dizem que tais textos carecem de interpretação, mas como interpretar se apenas 5% dos muçulmanos falam árabe incluindo muitos imãs que nada sabem da língua árabe, se não o suficiente para recitar suas orações. Qual escola hermenêutica que forma os imãs destas mesquitas? O princípio majoritário da interpretação do Alcorão é o sentido literal do texto. Um dia estava numa mesquita participando de uma tertúlia, quando alguém perguntou ao imã o significado da palavra jihad e ele se esquivou de todas as maneiras sem dar o significado de uma das palavras mais citadas no Alcorão e que recebe grande ênfase.

O islamismo quer o direito de fazer o que bem quiser no ocidente enquanto que nos seus países os estrangeiros sofrem grandes discriminações e restrições, e, pior ainda, buscam um direito de liberdade que nem seus países praticam. Os muçulmanos acham que é um direito deles construírem quantas mesquitas quiserem nos países livres do ocidente, enquanto que em seus países a construção de igrejas ou templos de outras religiões são proibidos. Um exemplo, quando o Paquistão nasceu, 40% da sua população era hindu, hoje existe apenas 2% de hindus no país, que se torna cada vez mais intolerante.

Encontrar uma solução para lidar com estes temas não são fáceis, mas podemos considerar alguns pontos: 

1. Não permitir a entrada de imãs em nossos países que possuam antecedentes de violência, incitação a violência, que não seja conhecedor hábil da língua árabe e que não assuma um compromisso de respeitar a lei, a liberdade e a cultura local, sob a pena de expulsão do país. 

2. É urgente uma reforma hermenêutica dentro do islamismo, onde o ensino do Alcorão assuma novas vertentes como a simbólica e alegórica nos textos que incitam a violência, com uma aplicação prática para os dias atuais desta nova hermenêutica pelas comunidades islâmicas. 

3. É necessário que haja uma pressão internacional sobre os países islâmicos para que haja mais liberdade em seus países para a prática de outras religiões, e que aqueles países que resistirem a este princípio de reciprocidade sejam penalizados com exigências maiores para a concessão de vistos e parcerias culturais e econômicas.

Mesmo que estas moções fossem adotadas, ainda assim enfrentaríamos problemas por alguns anos. Uma coisa e certa, não podemos engolir as truculências de qualquer que seja a religião.