sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Situações mal resolvidas

DOENÇAS???

O dia-à dia na vida de um Casal?
Stress?
Brigas?
desentendimentos?
Conflitos?
Disputas?
Familia? pitacos? palpiteiros? futriqueiros?
mulher burra e teimosa!!!
inimigos dentro da tua casa?
Filhos?
Visinhos?
Parentes?
Perseguição no Trabalho? Escola? na vida?
Vampirismo? Levar o outro nas costas?

Situações mal resolvidas?

Vamos guardando dentro de nós alguns sentimentos ruins, e aquilo vai acumulando e o nosso organismo, vai sinalizando e quando não se encontra uma maneira de colocar tudo isso para fora (estravazar); os órgãos, vão reagindo conforme são influenciados pelo nosso ser,  já que somos corpo, alma, mente, espírito.

Certa vez, o discípulo chegou ao monge, e disse que dentro dele, haviam 2 Lobos ....
Um deles queria ser agressivo, rancoroso, violento ao extremo, e o outro Lobo, queria ser cauteloso, manso e piedoso!
Aí ele perguntou ao Mestre:
- Numa Luta, dentro de mim mesmo, qual desses Lobos irá vencer???
O Mestre respondeu ....
- Irá vencer, aquele que você alimentar mais ....

É mais ou menos isso, NÃO alimente dentro de si, sentimentos ruins, se há algo que necessita ser resolvido, eleve seus pensamentos e tente conversar mas sem discutir; quando nos desequilibramos em todos os sentidos, atraímos vibrações compatíveis, por isso, faça um exercício de fé e harmonia com você mesmo, e TUDO irá voltar ao normal, um super abraço e tudo vai te correr bem ....

Outra coisa: FAMÍLIA é super complicada, é o primeiro exercício de cidadania que fazemos para depois convivermos em sociedade ....
Sei que é difícil lidarmos com várias situações que nos confrontam, e a pouco tempo, eu li em algum livro que no momento eu não consigo lembrar o nome, algo que me fez ser mais “racional” na hora de tomar qualquer atitude diante de todos os problemas, e principalmente, os mais graves, aqueles que somos sugeridos a agirmos de forma contundente ....
é o seguinte; é fazer-se diante da situação, a seguinte pergunta à si mesmo:
- como Jesus agiria, se estivesse no meu lugar???
 E trazendo para essa ótica, eu senti que a minha vontade de como reagiria estava ou equivocada ou inapropriada, já que temos inúmeros exemplos do Mestre de como devamos agir.
Só que, dependendo do nosso estado de espírito, a emoção digo RAIVA fala mais alto e nos domina, mas temos que puxar também pelo racional, aí as coisas se equilibram.
Se perceberem que tudo isso nos afeta ou incomoda, quando quiserem te aborrecer, vão só nessa ferida .... o ponto X.
Em alguns casos semelhantes, o silêncio ainda é a melhor resposta, e depois de um tempo, as coisas voltam ao normal, como uma roda gigante, que têm momentos onde estamos por baixo, a roda vai girando, e você fica lá em cima outra vez .... a alternância natural da vida (altos e baixos).

Força! Fé, paciência e lembre-se: a sua responsabilidade é muito maior perante aos demais, porque você é mais esclarecido, com isso, não deixe essas situações ofuscarem a sua Luz .... já que você, é brilhante como um raio .... Bjs no seu coração, sinta-se em Paz ....

PAZ e LUZ: Marcos Halfoun (Sera Fraterna - Kardec e Jesus)















terça-feira, 1 de agosto de 2017

Back to the endless