sábado, 22 de janeiro de 2011

BATERIA TAMA NA IGREJA




















Texto extraído de um Forum de Bateristas na NET

CONVERSA:

IRMÃO X da igreja Y
Me ajudem gente!
sou + - iniciante !
e vou comprar uma TAMA para tocar numa igreja! Tem problema?

IRMÃO DRUMMER
Sem problema.
A Igreja é um lugar físico igual a qualquer outro.

IRMÃO X da igreja Y
ehehehehe ....
Vlw irmão!
MAIS A PERGUNTA É MEIO A SEGUINTE!
PERGUNTA: a bateria TAMA eu vejo em shows, numa igreja nao tem problema?

IRMÃO DRUMMER
Não, não tem problema NÃO!!!
Por que vc acha que não poderia usar uma Tama na igreja??
Confesso que fiquei curioso!

UM TERCEIRO IRMÃO ENTRA NA CONVERSA!
Tou com a mesma curiosidade do irmão Drummer; de onde veio essa dúvida ?
Respondendo à sua pergunta:
A questão é que existem baterias, peles e pratos que pedem uma mão mais pesada pra se tirar um som legal delas, e outras já respondem legal mesmo tocando levinho.
Por acaso, a Tama fabrica um dos melhores modelos pra se tocar em igreja, que é o modelo Hyperdrive (acho que o bateraclube tem à venda, confere lá) .....
A Tama Superstar Hyperdrive, equipada com peles porosas de filme simples, como as Remo Ambassador, oferecem uma boa qualidade sonora em ambientes de acústica problemática devido a seus tambores rasos, que valorizam o ataque e possuem som menos encorpado com menos harmônicos. Um Bumbo de 18 ou de 20 seria o indicado!!! Obviamente, se voce toca feito um cavalo, vai dar problema de todo jeito. Ajuda também tocar em "heel-down" e usar baquetas leves, tipo 7A ou até mesmo rods, aqueles feixes de varetinhas que usam em sessões acústicas.
Os pratos são uma questão à parte. Dê preferencia por pratos de menor diâmetro, e mais leves, com decay rápido. Hi-hats de 13", crash de 16 " e ride de 20" ou até mesmo 18", com som bem definido, são os mais indicados os Thin Crash ..... nada de pratos massudos ou de LATA.

(Piada)!!! Tama é a bateria do Cão, não use em uma igreja, ela pode pegar fogo!!! ahahahaha ......

Bateria pra tocar na igreja, em shows, em casa, no barzinho, é tudo a mesma coisa. Se for o caso é só diminuir ou aumentar a sua pegada. Já pensou em trabalhar a sua dinâmica???

A TAMA é uma marca muito boa, assim como outras gringas, pode-se inclusive tocar em igrejas, que beleza hein. Agora, penso que não é a bateria que faz o baterista e sim ao contrário. Não adianta vc ter uma batera super-hiper-mega-ultra-top e não saber controlar o instrumento. Dedique-se, estude, observe outros bateristas tocando independente do estilo, aprenda, que aí você vai ver que independentemente da bateria você sempre saberá tirar o melhor som dela.

A PAZ do SENHOR ....

Um comentário:

  1. A Tama é do capeta, não compre... hehehehehe

    ResponderExcluir